Estatuto Irmão SS – CAPÍTULO VI

DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIA

Artigo VII

 

1º. – A Irmandade poderá, a juízo do Diretor e do Prresidente tomar parte nas cerimônias religiosas para que for convidada com antecedência.

2º – Sempre que a Irmandade sair à rua será precedida de sua cruz e distintivos. Com oito Irmãos, considerar-se-á formada além do Presidente.

3º – Todo o saldo da Irmandade, deverá ser depositado no Caixa da Paróquia

4º – Em caso de extinção ou dissolução da Irmandade, os bens que venha a ter passarão para paróquia.

5º – Em juízo ou fora dele, a Irmandade será apresentada pelo Presidente.

6º – Os Irmãos não respondem subsidiariamente pelos compromissos contraídos pela Diretoria da Irmandade.