10º Fascículo

10º Fascículo – Outubro de 2014

Igreja Matriz velha - Batais

 

Para a confecção deste fascículo contei com a colaboração do prof. Geraldo Faggione que elaborou um texto sobre a mudança da Freguesia da Fazenda Batatais para o Campo da Cabeceira das Araras.

Ao estimado amigo prof. Geraldo Faggione a minha eterna gratidão.

 

Rumo ao Bicentenário 1815 – 2015

 

TRANSFERÊNCIA DA IGREJA MATRIZ DA PARÓQUIA DO SENHOR BOM JESUS DACANA VERDE DOS BATATAIS PARA O CAMPO LINDO DAS ARARAS.

 

Há registros de Batizados na paragem dos Batatais antes de 1815, no livro 1 da Paróquia, feitos pelo seu primeiro Vigário Pe. Manoel Pompeo de Arruda, que morava em sua fazenda do Retiro desde 1814.

 

Com a criação da Freguesia em 25/02/1815 pelo Príncipe Regente D. João, alguns criadores da região liderados por Manoel Bernardes do Nascimento e o Alferes Antonio José Dias construíram de “afogadilho” neste ano, a pequena e tosca igreja que serviu de matriz por alguns anos, em terras doadas pela benemérita Dª Elena Maria Martins e seus filhos.

 

Logo depois, devido doença, Pe. Manoel Pompeo de arruda se afastou das atividades paroquiais em 20 de maio de 1820 e veio a óbito em 19 de setembro do mesmo ano.

 

As atividades paroquiais foram então exercidas pelo Pro – Pároco João Batista de Avellar e outros vigários interinos até a posse e exercício do Pe. Bento José Pereira em 1821.

 

Devido a impropriedade do lugar onde estava a pequena e tosca igreja matriz na Paragem dos Batatais, Pe. Bento pensou em mudar.

 

Contrariando a maioria dos proprietários das terras das fazendas situadas à Este do Caminho dos Goiases e mesmo á Oeste escolheu a Paragem das Araras  (Campo Lindo) distante duas léguas a oeste daquela estrada, para o Patrimônio da Paróquia Senhor Bom Jesus da Cana Verde dos Batatais e construção da nova Matriz.

 

Como Pe. Bento já tinha Provisão de São Paulo D. Matheus de Abreu Pereira autorizando a mudança de lugar desde 25/09/1821 (Tombo I fls 19), com a doação das terras no campo Lindo das araras em 10/08/1822 pelo benemérito casal Germano Alves Moreira e Exma Sra. Ana Luiza da Conceição, deu início á construção da nova igreja Matriz de Batatais, sendo a primeira.

 

Com o ultimo Batizado na Paragem dos Batatais em 12 de outubro de 1823 e o primeiro casamento na Paragem do Campo Lindo em 28 de outubro de 1823, tudo indica que a efetiva e real mudança da Matriz da paróquia para o Campo Lindo aconteceu entre 18 e 28 do mês de outubro de 1823.

 

Houve grande alegria do Pe. Bento e seus amigos, mas não tanto dos que não haviam concordado com a transferência.

O homem põe e Deus dispõe!

 

Feliz quem teme a Deus e anda em seus caminhos. (Salmo 128).

Batatais 26/05/2014.

 

Geraldo Magela de Sousa Faggioni – professor

 

O último casamento realizado na paragem dos Batatais foi no dia 18 de outubro de 1823. (prof. Walter Cardoso)

Bom Jesus da Cana Verde